Não era mais uma menina com um livro...

...era uma mulher com seu amante.

Clarice Lispector

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Namorar é querer ir além…

Na leve brisa que passa,
o pensamento voa ao longe.
Junto do amado querer estar,
para um abraço apertado ganhar.

Namorar é estar bem com a vida,
sorrir o sorriso da criança…
Desejar uma presença distante,
e ter do aconchego esperança.

Ter um toque na memória,
e sentir calafrios ao recordar…
De um olhar, um aperto de mão,
e a presença de alguém desejar.

Namorar é querer ir além…
Fantasiar, ter sonhos eróticos.
Sentir a pele tua macia,
no lençol que a noite me acaricia.

Ouvir música ao longe,
eterna e querida melodia…
Fazer amor com as palavras,
de sua singela poesia.

1 comentário:

Fê-blue bird disse...

Com que então, um poema de amor com todos os predicados, sujeitos e complemento directos e indirectos :)
Uma maravilha, estou a ver o amor anda no ar....

Jinhos mil!

 
Designed by Susana Lopes